21 setembro 2009

Festa das Árvores

Cavemos a terra, plantemos nossa árvore,
Que amiga e bondosa ela aqui nos será!
Um dia, ao voltarmos pedindo-lhe abrigo,
ou flores, ou frutos, ou sombras dará!

O céu generoso nos regue esta planta;
o Sol de dezembro lhe dê seu calor;
a terra, que é boa, lhe firme as raízes
e tenham as folhas frescuras e verdor!

Plantemos nossa árvore, que a árvore amiga
seus ramos frondosos aqui abrirá,
Um dia, ao voltarmos, em busca de flores,
com as flores, bons frutos e sombra dará

O céu generoso nos regue esta planta;
o Sol de dezembro lhe dê seu calor;
a terra, que é boa, lhe firme as raízes
e tenham as folhas frescuras e verdor!

 

(Arnaldo Barreto)

 

Por que comemoramos o Dia da Árvore em 21 de setembro?

O Brasil escolheu o dia 21 de setembro para celebrar a árvore. Existe uma explicação lógica para a decisão, tomada há 30 anos: os povos indígenas brasileiros sempre cultuaram as árvores à época das chuvas ou quando se preparava a terra para semear. Então adotou-se a data que marca a entrada da primavera. Um fato curioso é que, por razões climáticas, o Norte e Nordeste do Brasil cultuam a árvore na última semana de março, no período referente ao início das chuvas naquela região, e não como acontece no resto do País.

Por que é importante ter muitas árvores em nosso planeta?

Além de embelezar praças, avenidas e ruas, as árvores refrescam o ambiente. Isto acontece porque dão sombra e mantêm a umidade do ar. Além disso, as plantas ajudam a diminuir a poluição porque absorvem gás carbônico na queima de combustíveis. Isso significa mais oxigênio para nós humanos

As plantas também são verdadeiras barreiras que mudam a direção dos ventos e filtram poeira e fuligem. Mantêm firme o solo, sendo indispensáveis nas encostas, às margens de rios e mananciais. Isso sem contar com os deliciosos frutos que nos servem.

Outro fato importante é que muitos remédios podem ser feitos a partir das árvores. Para se ter uma idéia, um em cada quatro medicamentos empregados pela indústria farmacêutica tem origem vegetal. Cerca de 70% das plantas classificadas pelo Instituto do Câncer dos Estados Unidos como indicadas para o tratamento do câncer são encontradas exclusivamente nas florestas tropicais. Existem 1,4 mil espécies vegetais que podem servir para esse fim

 

Quais as árvores em extinção?

Além do pau-brasil, existem outras árvores em extinção, como o Mogno (Swietenia macrophylla), o Jacarandá da Bahia (Dalbergia nigra) e a Araucária ( Araucaria augustifolia), esta última comumente encontrada em Santa Catarina. No Rio Grande do Sul, por risco de desaparecimento, estão proibidos os cortes do Pinheiro brasileiro (Araucária augustifolia), Sangue-de-dragão ( Helois cayannensis), Canela-preta (Ocotea catharinensis), Imbuia (Ocotea poprosa) e a Canela-sassáfraz (Ocotea pretiosa), localizadas em áreas naturais da Mata Atlântica.

 

beleza vegetal

13 comentários:

  1. Bela lembrança esta letra do Hino à Árvore. Tenho a melodia na memória, cantada na escola de minha infância. Alguém tem a partitura da melodia ou mesmo gravação em aúdio? Contatos com ongvozdorio@hotmail.com

    ResponderExcluir
  2. O Dr. João Pedro Cardoso nasceu em Pindamonhangaba em 17 de janeiro de 1871. Formou-se pela Escola Politécnica do Rio de Janeiro, em 1895.

    Começou a trabalhar ainda estudante e, em abril de 1893 foi nomeado auxiliar da Companhia Mogiana de Estrada de Ferro.

    Logo depois de terminar seu curso foi trabalhar nas obras de prolongamento da Estrada de Ferro Central do Brasil (hoje MRS Logística). Foi nomeado engenheiro-residente na construção de alguns trechos daquela ferrovia.

    A 25 de abril de 1900 foi nomeado Inspetor de Agricultura do 6º Distrito, em São Paulo. Em janeiro de 1901 foi transferido para o 1º Distrito.

    Foi neste cargo que o Dr. João Pedro organizou a FESTA DA ÁRVORE, realizada pela primeira vez no Brasil, cuja cerimônia teve lugar em Araras - SP, em junho de 1902.

    Essa festa deu origem à instituição do "Dia da Árvore", sempre comemorado no início da primavera.

    ResponderExcluir
  3. Esta belissima poesia foi musicada ou é a letra de uma música muito bonita que antigamente era muito cantada nas escolas brasileiras de Primeiro e segundo grau para homenager as árvores quando da comemoração do dia da árvore. Gostaria de saber se alguém saberia me dizer se esta música foi gravada por alguém em alguma época.
    Grato

    ResponderExcluir
  4. sim, minha mãe canta até hj ela tem 78 anos eu tenho 50 e foi a mais bela musica da arvore que sempre ouvi minha mãe cantar, parabéns quem escreveu essa musica.

    ResponderExcluir
  5. Eu também conheço a musica de "festa da árvare", mas, gostaria muito de tê-la em gravação para poder divulgá-la.

    ResponderExcluir
  6. Eu também conheço a musica de "festa da árvare", mas, gostaria muito de tê-la em gravação para poder divulgá-la.

    ResponderExcluir
  7. FICO CONTAROLANDO O REFRAO DESTE HINO DA ARVORE E LEMBRO DA PROFESSORA PRIMARIO BENVINDA ARLETE DE CAMPOS , AS VEZES VOLTA NA FAZENDA ONDE ESTUDEI E PLANTAMOS UMA ARVORE, ISSO ME FAZ VOLTAR NO TEMPO, DOCE LEMBRANÇA.
    AUGUSTO

    ResponderExcluir
  8. esta musica é como se eu conseguisse retornar a infância quando ao lado de minha DINHA ( já falecida ), aprendi a amar a natureza cantando esta música que ela dizia sempre ter aprendido na sua amada ESCOLA JOÃO BARBALHO aqui mesmo no RECIFE.sempre cantarolo esta música eu até repasso para as crianças com quem convivo e quando estou tratando do meu pequeno e lindo jardim. a natureza é pura magia. jardineira

    ResponderExcluir
  9. Ontem fiquei muito feliz ao encontrar-me com minha professora do antigo ginásio onde estudei e muito mais alegre fiquei quando ela perguntava se alguem sabia cantar a FESTA DAS ARVORES e somente eu e outra amiga cantamos com ela. As tres reviveram a infância. jardineira

    ResponderExcluir
  10. Nos anos 60e 70 cantávamos muito no Grupo escolar "General Osório" em Três Barras-SC.É uma canção que nos traz muita saudade.
    José Francisco

    ResponderExcluir
  11. Minha mãe está neste momento cantando esta música.
    Ela a ensinava aos alunos, nos anos 40.
    Meu pai aprendeu em 1938.
    Eu aprendi com minha mãe, que completará , agora em setembro, 90 anos.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  12. Bárbara Pereira d'Alencarsexta-feira, 21 setembro, 2012

    Esta música aprendemos nos anos 50 na Escola Benedito Leite em São Luis do Maranhão. Sempre os alunos plantavam uma árvore no dia 21 de setembro enquanto cantavam o Hino da Árvore. Tenho boas lembranças desse momento. Assim também cantavamos diariamente o Hino Nacional, o Hino do Maranhão. Sou Bárbara de Alencar e vivo em Fortaleza-CE.

    ResponderExcluir
  13. O coral do Ginásio Estadual "Prof Júlio Mastrodomenico", de Ipaussu, SP, sob a batuta da saudosa professora Anália Marquezi entoava esse hino, lindo! Não consegui encontra-lo no You Tube. Se alguém tiver, por favor, envie para jsmoreira@uol.com.br

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante, aceitamos críticas, sugestões e até mesmo elogios....
Para deixar o endereço do seu blog/site, comente usando a opção OpenID.
Apesar de aceitarmos comentários anônimos, seria interessante que você informasse o seu nome.

Agradecemos a visita.