09 novembro 2011

Escola pública na era digital

Fonte da notícia

Laptop, projetor multimídia, salas com wi-fi, lousa digital e softwares pedagógicos. As novidades foram anunciadas ontem pelo secretário da Educação do estado, Anderson Gomes, para o próximo ano letivo da rede estadual de ensino. Os investimentos são da ordem de R$ 38 milhões.

Image23

A iniciativa é louvável, no entanto aumenta o diferencial entre as escolas que têm tudo e as que nada têm.

Prova Brasil, SAEBE, SAEPE, ENEM e outros testes aplicados anualmente comparam a aprendizagem dos alunos sem levar em conta os recursos disponíveis nas escolas que os prepararam.

Como ficam as escolas cujos prédios foram destruídos nas enchentes de 2010 e que continuam a funcionar precariamente em instalações provisórias, prédios cedidos, sem condições de receber as melhorias anunciadas?

Segundo Gomes, a tecnologia vai tornar as aulas do ensino médio mais atrativas. Muitos colégios particulares já dispõem desses equipamentos mas eles ainda são raridade nas escolas públicas. O secretário afirmou que, em 2012, a rede estadual vai entrar no século XXI. A virada vai beneficiar mais alunos.

“Estamos no século XXI e não dá mais para o professor fazer um desenho do corpo humano no quadro, perdendo tempo para ensinar biologia. Com o projetor acoplado a notebook, vai ser possível ensinar mostrando aos alunos uma figura em terceira dimensão”, explicou Anderson Gomes.
Todas as 12 mil salas da rede estadual receberão projetores multimídia. Já as 14 escolas técnicas ganharão lousas digitais. Os professores passarão por capacitações, ainda sem data definida, para aprender a usar os novos equipamentos. Segundo pesquisas nacionais recentes, apenas 10% dos docentes que ganham notebook utilizam o laptop em sala.
“Eles não usam porque o computador não permite interatividade. Mas isso vai acabar com a chegada dos projetores e dos softwares”, aposta o secretário.
Parece que os alunos também farão parte dessa universalização digital na escola pública. A previsão é de que a rede wi-fi chegue a todas as 1.102 escolas no ano que vem. Hoje, a internet sem fio funciona em apenas 400 unidades.
Outra novidade é a criação de um laboratório de informática móvel para as escolas. A ideia é simples. Um carrinho com 48 laptops vai circular de sala em sala. A proposta chega para acabar com reclamações como a falta de máquinas suficientes para a demanda nos laboratórios tradicionais.
A Secretaria de Educação do Estado (SEE) estuda ainda a entrega de tablets por aluno. O modelo é parecido com um programa anunciado este ano pelo Ministério da Educação (MEC). A SEE tem cerca de 860 mil alunos.

14 outubro 2011

Série de TV sobre Educação produzida pelo Canal Futura

Recebemos esta notícia através dos comentários…

destino: educação estreia dia 17 de outubro com episódio em Xangai

Canal Futura deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Concurso “Professor Autor”":
Olá, Amara. Gostamos muito do seu blog e queremos aproveitar o espaço para divulgar uma série de TV sobre Educação produzida pelo Canal Futura.
A série Destino: Educação investiga os sistemas educacionais de Coreia do Sul, Canadá Chile, Finlândia e Xangai, que estão entre os melhores do mundo segundo a avaliação no PISA (Programa Internacional de Avaliação de Alunos). O Brasil ocupa a 53ª colocação no exame e também é retratado em um dos episódios.


Para saber um pouco mais sobre a produção, confira o trailer e um vídeo com melhores momentos: http://www.futura.org.br/nova-serie-investiga-desempenho-dos-paises-lideres-em-educacao/

 

Abraços,
Leonardo Machado
Conteúdo e Novas Mídias - Canal Futura

 

fogos2

26 setembro 2011

Concurso “Professor Autor”

Foi publicado no Diário Oficial de Pernambuco desta sexta-feira (23) o edital do concurso promovido pela Secretaria de Educação do Estado que irá selecionar material de apoio multimídia produzidos pelos docentes da rede estadual de ensino.

Denominada Professor Autor, a iniciativa tem o objetivo de incentivar o aperfeiçoamento profissional dos profissionais através do estímulo à produção de material didático para uso como recurso pedagógico por docentes e discentes da rede.

professor_autor2

As inscrições poderão ser feitas a partir da segunda-feira 26 de setembro até o dia 9 de novembro de 2011, neste site. Podem participar da seleção docentes efetivos ou temporários que estejam em atividade de regência durante o período do processo.

Ao todo, serão 656 tópicos derivados dos seguintes componentes curriculares: arte, biologia, educação física, língua espanhola, filosofia, física, geografia, história, língua inglesa, língua portuguesa, matemática, química e sociologia.

O professor-autor do melhor trabalho de cada tópico receberá um prêmio no valor de mil reais.

Links:

Edital

Cadastro

09 setembro 2011

Aprender TI Online

A Secretaria de Educação do Estado de Pernambuco oferece o curso Aprender TI Online para os servidores efetivos.

Serão disponibilizadas 25 mil vagas nos níveis básico, médio e avançado em Word, Excel, Power Point, Outlook, Windows e Internet Explorer.

Para ter acesso ao curso, o servidor deverá fazer o login com o CPF no portal http://educar.webaula.com.br/aluno/login/ (a senha são os 4 primeiros números do CPF).

Lá, serão disponibilizadas informações sobre os 14 cursos disponíveis (em três níveis).

ti online

“Muita gente tem acesso ao computador, mas não à tecnologia. Esse curso ajudará os professores e funcionários a aprender sobre as ferramentas do computador, reduzindo a falta de experiência em TI dos servidores”, explicou o Secretário de Educação, Anderson Gomes.

10 agosto 2011

Converter PowerPoint para wmv

São muitos os internautas que desejam transformar suas apresentações do PowerPoint em um formato de vídeo e buscando na net encontraremos vários programas, gratuitos e pagos, que fazem a conversão e muitos tutoriais para o uso desses programas.

abaixo

O Microsoft Office 2010 oferece a opção de criar um vídeo a partir do PowerPoint sem necessidade de outros programas. 

Quando concluir a apresentação e estiver pronto para salvar vá em Arquivo > Salvar e Enviar > Criar Vídeo. O PowerPoint exibe as opções para a criação de vídeo no painel direito da janela.

Depois de criar um vídeo, você poderá compartilhá-lo com outros usando os seguintes métodos:

Quem usa o programa da Microsoft não precisa de programas adicionais para criar um vídeo no formato wmv, no entanto vai necessitar converte-lo para um formato compatível a ser reproduzido em DVD players e depois realizar a gravação.

 

24 julho 2011

Hidroponia, uma solução caseira

O programa Globo Rural de hoje mostrou um método de hidroponia muito fácil.

Técnica da hidroponia permite cultivar plantas sem terra

“Com um pote de sorvete, conseguimos fazer uma hidroponia sem energia elétrica, sem mexer, é um sistema muito simples e caseiro”, afirma o agrônomo Jorge Barcelos.

Uma boa ideia para cultivar e consumir alimentos saudáveis.

na casa da vovo pq

23 julho 2011

A vaca e a galinha

A vaca é um animal muito grande, entretanto o seu óvulo, mesmo fecundado, é quase microscópico e dele nascerá um bezerro que é bem maior do que uma galinha.

A galinha, por sua vez, põe um ovo relativamente grande para o seu tamanho, de onde nascerá um pintinho que não chega ao tamanho do pé do bezerro.

Por que essa diferença de tamanho entre o ovo e o animal que vai nascer?

Responda nos comentários e compartilhe com seus amigos.

 

ovo da pedrês

02 julho 2011

Prêmio Victor Civita - Educador nota dez - 2011

Abertas as inscrições

Criado em 1998 para identificar e valorizar professores que adotam boas práticas em sala de aula de todo o Brasil, o Prêmio Victor Civita Educador Nota 10, é hoje o mais importante prêmio da Educação brasileira.

Com a missão de contribuir para a melhoria da qualidade da Educação Básica brasileira, a Fundação Victor Civita valoriza os bons educadores e dissemina para todo o Brasil a profissionalização da carreira docente, destacando aqueles profissionais que investem em seu aperfeiçoamento, que são estudiosos das didáticas específicas e que obtêm bons resultados na aprendizagem de seus alunos. O Prêmio Victor Civita é uma das iniciativas que trabalham nessa direção e têm essa ideia como princípio.

topo-premiovc

http://revistaescola.abril.com.br/premiovc/

26 junho 2011

Plantar uma árvore com mil cliques

O Submarino Viagens e a SOS Mata Atlântica lançam um desafio: doar 8 mil árvores em 8 dias.

Basta clicar nesse link www.submarinoviagens.com.br/planteem1click.

A cada mil clicks nele, será doado o valor para a SOS Mata Atlântica plantar uma árvore. Você pode clicar quantas vezes quiser!

Vamos precisar da sua ajuda e de seus amigos, familiares, vizinhos e quem mais você conhecer para conseguirmos!

 

florestasdofuturo

O seu click e a sua divulgação vão fazer a diferença!

04 abril 2011

Curso de Moodle para professores

Recebi por e-mail:

Moodle para Professores - Desenvolvendo cursos onLine

Este curso capacita professores interessados em desenvolver cursos no uso da ferramenta MOODLE em seu sentido mais completo: fundamentação em EAD, tutoria de cursos on-line e montagem de cursos a distância via web

portal poie

Desta forma, o aluno tem uma formação completa no uso sintático do Moodle, pois, ao concluir, terá passado por experiências a partir dos três pondos de vista: do aluno, do tutor e do autor de um curso on-line mediado pelo Moodle. Isso potencializa a qualidade e o senso prático do autor no processo de montagem de um curso com o Moodle. Nesta parte da 'trilogia' do curso, são apresentados os procedimentos necessários à montagem de um curso com o uso do Moodle, com enfoque especial na sintaxe de uso da ferramenta.

 

Carga horária: 60h distribuídas ao longo de 8 semanas
Inscrição: 04/04 à 08/04 no Portal www.poie.com.br

Inicio do Curso: 18 de abril

 

DESCRIÇÃO DO CURSO

Público-Alvo: Professores, estudantes e profissionais que exercem atividade educacional, que desejam se capacitar para realizar autoria de cursos on-line com uso do Moodle.
Pré-Requisitos: Ser usuário de email, saber utilizar um webmail qualquer, ter conexão banda larga, usar computador com auto-falantes ou fone de ouvido e ter instalado: Windows Media Player ou equivalente, navegador Internet Explorer ou Firefox (mais recente), plug-in do Flash (mais recente). Já ter participado em um curso a distância é fundamental.

Ementa: Introdução ao Moodle(ambientação), Edição de conteúdo on-line, Publicação de links externos, Publicação de links internos (para arquivos), Pasta de arquivos, Fórum interativo, Fórum avaliado, Glossário, Glossário avaliado, Escolha (Enquete), Chat (Bate-papo), Tarefa, Diário, Sistema de notas do Moodle, Questionário, Lição, Caixas adesivas, Caixa de administração, Organização da sala virtual, Base de dados, Wiki, Pesquisa de avaliação.

Metodologia: O curso conta com momentos vasto acervo de texto, imagens e animações/vídeos com explicações detalhadas sobre os procedimentos necessários ao uso do Moodle na montagem de cursos. Cada aluno receberá uma sala de aula virtual Moodle para exercitar os procedimentos de uso dos recursos do Moodle apresentados no curso. A temática do curso também é debatida em fóruns espalhados pela programação.

 

* Certificação Opcional : Este curso é certificado pela Ebnezer informática , através de emissão de certificado digital, outorgado para os alunos que atingirem 70% na avaliação no valor de R$ 25,00 ( * apenas em interessados pela certificação)

05 março 2011

Abrir atividade JClic sem internet

O JClic utiliza a linguagem Java e necessita de um script para que a atividade funcione.

Clique com o botão direito do mouse sobre uma atividade (html) e escolha Abrir com - Bloco de notas:

abrir com

Observe a caixa que abrir:

bloco de notas

As duas linhas marcadas indicam que a atividade depende de um arquivo jclicplugin, hospedado em clic.xtec.cat…, desse modo somente poderá ser visualizada se existir uma conexão com a internet.

Posso visualizar atividades em computadores desconectados?

Claro que sim! Basta seguir os passos abaixo.

Na página de downloads de JClic, baixe o arquivo zip

arquivo zip

Crie uma pasta e dentro dela descompacte o arquivo e renomeie-o para JClic.

Coloque na mesma pasta todas as atividades que pretende salvar no CD ou visualizar.

 

jclic

É importante que cada atividade esteja dentro de uma subpasta com os arquivos html e jclic.zip, como no exemplo abaixo

pasta

Agora vem o ‘pulo do gato’

Em cada atividade você deve clicar com o botão direito no arquivo html e escolher abrir com bloco de notas como feito acima.

Nas linhas assinaladas vamos mudar o texto para que o JClic use o script armazenado no computador.

modificar html

 

Parece complicado?

Observe que, nas duas linhas, basta selecionar de http até dist, (com cuidado para não apagar as aspas) e substituir por dois pontos.

jclic

Salve o arquivo e abra a atividade no navegador.

Se fez tudo corretamente, a atividade vai funcionar.

 

 

06 fevereiro 2011

JClic desconectado

JClic é uma aplicação Java que utiliza a tecnologia Java WebStart para facilitar o processo de instalação e atualização dos programas.

Entretanto, se o computador não tem acesso à internet, podemos utilizar a instalação manual.

Para começar precisamos de um computador com acesso à internet e gravador de CD ou pen drive.

Baixe e grave os seguintes arquivos:

  1. Instalador da máquina virtual java;
  2. Arquivo customJMFinstal.exe 
  3. A última versão do programa JClic (arquivo exe).

arquivo zip

Se desejar, baixe também algumas atividades.

Agora, no computador sem internet, siga os passos:

  1. Instale a máquina virtual java;
  2. Instale o arquivo customJMF
  3. Instale o JClic (executável)

Para utilizar o JClic e criar atividades, use o tutorial abaixo:

Manual JClic - por EscolaBR

ATENÇÃO - Lembre de visitar periodicamente a página do JClic para obter a versão mais recente do programa - este é um dos problemas de não usar o Java Webstart.

 

29 janeiro 2011

Cartilha sobre o uso das tecnologias na escola

Dica do Rafael Nink

cartilha_claro

 

Linguagem simples e exemplos fáceis para ajudar o professor iniciante, e porque não, aos mais experientes.

 

O Instituto Claro e a Editora Fronteiras do Pensamento, com apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e Prefeitura de Porto Alegre, elaboraram uma cartilha, escrita pelo editor e produtor Carlos Seabra, que explica e oferece dicas de como explorar o potencial das tecnologias de informação e comunicação (TIC) na aprendizagem.

 

Baixe essa cartilha que oferece dicas valiosas sobre o uso das tecnologias da informação e comunicação na escola.